segunda-feira, 10 de abril de 2017

Eu li e... #31

Olá leitores, tudo bem?

Hoje trago mais um livro para a coluna Eu li e... Dessa vez, escolhi um livro que tive algumas ressalvas, mas que está fazendo muito sucesso por conta da série recentemente lançada.


Sim, estou falando de Os 13 Porquês do Jay Asher, vamos conferir:

Para quem não sabe, Os 13 Porquês nos apresenta à história de Hannah, uma menina que cometeu suicídio, mas deixou 13 fitas explicando 13 motivos que a levaram a tomar essa decisão. As fitas precisam ser passadas entre as pessoas para que elas entendam o que fizeram e o narrador é Clay, um menino que nunca fez nada de errado, mas, por algum motivo, está nas fitas e foi um dos motivos Hannah ter tomado tal decisão, o que ele teria feito? O que os outros teriam feito?

Por que você deve ler:

Primeiro, esse livro aborda dois temas muito importantes que precisam ser discutidos; bullying e suicídio. O suicídio, hoje em dia, mata mais jovens do que o HIV, considerem esse número pensando que o número de jovens portadores de HIV tem crescido absurdamente.

O segundo motivo para vocês lerem esse livro é que ele foi adaptado para uma série de TV e, gente, convenhamos, por mais que tenha sido bem adaptado, precisamos conhecer o que deu base àquilo.

O terceiro, e último, motivo é que ou você é um Porquê – fez algo ruim contra alguém – ou você é alguém que recebeu algo ruim de outro. Não, não existe meio termo. Se você não fizer nada para ajudar, não existe meio termo. Esse livro te faz pensar. Digo isso por experiência própria. Quando era mais nova, sofri muito com preconceito dos outros por N motivos e isso me moldou. Depois – e só percebi ao ler o livro – notei que, na faculdade, eu fui um Porquê para outras pessoas, ri de piadas maldosas feitas e não tentei ajudar quem precisava, eu posso ter sido o motivo para alguém ter se matado e, gente, isso não é legal.

Ainda não assisti ao seriado inteiro, mas, pelo primeiro episódio, já percebi que é uma boa adaptação e ainda mais aprofundada, pois saberemos o que todas as pessoas sentiram ao ouvir as fitas e não apenas o que Clay sentiu.

Vocês já leram esse livro? Acham que podem gostar? Contem nos comentários o que acharam da minha postagem.

Beijos e até a próxima!

Por: Bruna Costabeber, Um Oceano de Histórias

Um comentário:

  1. Oi Bru, li esse livro há muuito tempo atrás, naquela época nem se falava tanto em bullying. Lembro que me marcou muito e está história sempre me vinha á cabeça, mesmo antes de saber dá existência da série. Falando em série, esta foi uma das melhores adaptações entre as quais assisti, tratando temas bastantes fortes como violência sexual e os já mencionados por ti. Espero que curta a série. Beijinhos "ao vivo e em mistério" 💙

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com